Direito Autoral

Desrespeitar os direitos autorais é crime previsto na Lei 9610/98.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Até quando o exílio?

Tragédia em Brumadinho/MG. Fonte: Google



Até quando o exílio?

... de Minas, a música me faz pensar
que não haverá mais exílio;
porém
que tempo infeliz é este
em que os podres poderes
despejam veneno sobre a Terra?
Alguém ouviu a sirene?
O céu chora!
A Terra treme!
No tsunami de lama
a humanidade é soterrada.
Ligo o rádio, a TV e custo a crer:
meus olhos, meus ouvidos
quase perdem os sentidos.
Custo a crer:
a tragédia parece não ter fim
e mais uma vez
o silêncio da sirene
revela o já visto:
“quem cala consente”
e tudo que fica é o deslugar:
de Bento Rodrigues
a Brumadinho,
mais um triste retrato na parede.
Até quando o exílio?

                                                                                                                        Graça Graúna
                                                                                                                         27.jan.2019


3 comentários:

Wesley Viana disse...

Olá, peço permissão para publicar esse seu poema no jornal da escola onde eu leciono. Darei os devidos créditos e divulgarei o blog e seus livros. Aguardo resposta. Abraço.

Juscelino Mendes disse...

A graça da Graúna,
é ser presente,
não ausente,
porque forte,
na estrutura
da vida,
feito pedra preciosa...

Juscelino Mendes

Art'palavra disse...

Jus: apesar do silêncio prosador, gratidão por esse poema tão precioso. É bom ter vc por perto. Com abraçares, Graça Graúna