sábado, 2 de janeiro de 2016

...e os livros indígenas...

Imagem extraída de: Biblioo.info

Janeiro
2

Do fogo ao fogo

Neste dia de 1492 caiu Granada, e com ela caiu a Espanha mulçumana inteira.
Vitória da Santa Inquisição: Granada havia sido o último reino espanhol onde as mesquitas, as igrejas e as sinagogas conseguiam ser boas vizinhas.
No mesmo ano começou a conquista da América, quando a América ainda era um mistério sem nome.
E nos anos seguintes, em fogueiras distantes, o mesmo fogo queimou os livros mulçumanos, os livros hebraicos e os livros indígenas.
O fogo era o destino das palavras que nasciam no Inferno.

(Eduardo Galeano. Os filhos dos dias.
Porto Alegre/RS: L&PM, 2014, p. 16.)

Nenhum comentário: