terça-feira, 28 de julho de 2015

Conversando sobre literatura indígena na Revista Palimpsesto

          
          
          A Palimpsesto é uma Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras, da UERJ.  Na edição 20, a Revista Palimpsesto (UERJ) traz uma entrevista comigo. Na opinião dos editores, com a minha forma de ver e de ler o mundo, apresento um pouco do universo ameríndio. Conversamos sobre o crescimento de obras de autores indígenas no mercado editorial, a luta pelos direitos indígenas e a importância da lei 11.645/08, que torna obrigatório o estudo da história e da cultura indígenas nas escolas.
Boa leitura!
Compartilhe o link que segue:

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Protagonismo indígena no Curso Dimensões no Museu do Índio

MUSEU DO ÍNDIO / RJ

quarta-feira, 15 de julho de 2015



Integrante da equipe de professores indígenas que vão ministrar as aulas do curso Dimensões das Culturas Indígenas do Museu do Índio, a escritora  potiguara(RN),Graça Graúna, falará sobre “Literatura indígena: entre lugares, memórias e utopias”. 

Com doutorado pela Universidade Federal de Pernambuco e pós-doutorado pela Universidade Metodista de São Paulo, Graúna assina diversas publicações entre as quais, “Flor da mata”(poesia),“Contrapontos da Literatura Indígena Contemporânea no Brasil”, “Criaturas e Ñanderu”. Em abril deste ano, lançou na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, o livro coletivo “Memórias do movimento indígena do Nordeste”. Graça Graúna é também responsável pelo blog www.tecidodevozes.blogspot.com, que aborda especificamente questões indígenas.

O curso Dimensões acontece no Museu do Índio/RJ, de 20 a 31 de julho. Últimos dias de inscrições. Informe-se pelo telefone (21) 3214 8718 ou pelo email:
divulgação.cientifica@museudoindio.gov.br

Comunicação Social/ MI
15/07/2015



sexta-feira, 10 de julho de 2015

Poetas participam da Conferência da Poesia Mundial pela Paz da Colômbia

Fonte: Adital

          Como um evento contra a guerra e em favor da confluência das belicosas forças antagônicas na Colômbia, será realizada a II Conferência Mundial da Poesia pela Paz e a Reconciliação da Colômbia, no contexto do primeiro quarto de século do Festival Internacional de Poesia de Medellín. Organizado pela Revista Prometeo, o evento celebra-se entre 11 e 18 de julho próximos, com a presença de 90 poetas de 40 países e de convidados da academia, analistas políticos, jornalistas, agrupamentos artísticos e culturais, organizações sociais, de direitos humanos, indígenas e afrodescendentes, entre outros.

          
          Paralelamente ao 25° Festival Internacional de Poesia de Medellín (com 93 leituras de poemas) acontecem outros eventos centrais: Encontro de Coordenadores do Movimento Poético Mundial; XIX Escola Internacional de Poesia de Medellín (42 atividades); Encontro Internacional de Jovens Poetas (sete atos); Encontro de Diretores de Escolas e Oficinas de Poesia; Encontro de Tradutores de Poesia, e será apresentado oficialmente em nove atos o projeto para a celebração do Primeiro Encontro Mundial de Poesia dos Povos Originários, a ser realizado no México, no fim de 2016. Por sua vez, a programação para crianças inclui 20 atos, entre oficinas e leituras de poemas para crianças, em lugares centrais e em bairros de Medellín, com o auspício da Fundação Altamane (Suíça e Itália).

          A Conferência da Poesia pela Paz e a Reconciliação no país será celebrada sobre os eixos temáticos: Os trabalhos da poesia e da arte na criação da paz, para uma nova linguagem e uma nova cultura na Colômbia; A poesia e a arte: defesa da terra e dos seres viventes; e A poesia e o impossível realizável: ações globais para transformação da vida.

          Da Conferência (que incluirá 27 atos) farão parte destacados poetas de cinco continentes (alguns dos quais vivem duros conflitos sociais e políticos, e são peças chave nos processos de construção da paz em seus países), e oferecerão propostas realizáveis em matéria de paz e de reconciliação, desenvolvendo processos de criação com as comunidades. Para que elas recuperem sua memória e desativem os ódios, contribuindo para a materialização de uma paz justa e democrática, mais ativa e construtiva do que a guerra.

Informação bio-bibliográfica sobre os poetas convidados pode ser consultada no link:
http://www.festivaldepoesiademedellin.org/es/Festival/25/News/bios25.html
A programação do 25°Festival Internacional de Poesia de Medellín pode ser vista no link:
http://www.festivaldepoesiademedellin.org/es/Festival/25/News/Programa.html
http://www.festivaldepoesiademedellin.org/es/Festival/25/News/Programa_25FIPM.pdf
A programação completa da II Conferência Mundial da Poesia pela Paz da Colômbia pode ser apreciada no link:
http://www.festivaldepoesiademedellin.org/es/Festival/25/News/ProgramacionIICumbrePoesiaPaz.jpg