sábado, 20 de fevereiro de 2010

Manifesto I

Imagem: Socioambiental

...fragmento que sou
da fúria no choque cultural,
aqui, manifesto o meu receio
de não conhecer mais de perto
o que ainda resta
do cheiro da mata
da água
do fogo
da terra e do ar
Torno a dizer:
manifesto o meu receio
de não conhecer mais de perto
o cheiro da minha aldeia
onde ainda cunhantã
aprendi a ler a terra
sangrando por dentro


Graça Graúna
Nordeste do Brasil, 20 de fevereiro de 2010
***
Nota: publicado no Overmundo.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

"Quem tem medo dos direitos humanos?"

No dia 06 de fevereiro será gravado o Colóquio: “Quem tem medo dos direitos humanos?”, no campus da Unesp de Bauru, com objetivo de debater o Programa Nacional de Direitos Humanos 3, lançado pelo Governo Federal, em 21 de dezembro último e que vem suscitando discordantes posições amplamente divulgadas na imprensa.

Para comentar pontos polêmicos do PNDH-3 como: “Criação da Comissão Verdade, Memória e Justiça”; “Controle social dos meios de comunicação”; “Movimento sociais no campo e Reforma Agrária”; “Descriminalização do aborto e união civil homoafetiva” e outros assuntos, formam convidados: Gilberto Truijo - advogado e presidente de Comissão de Direitos Humanos da OAB-Bauru; Clodoaldo Meneguello Cardoso - professor de Filosofia e Ética em Comunicação da Unesp-Bauru e coordenador do Observatório de Educação em Direitos Humanos da Unesp; Jorge Soriano Moura - advogado e coordenador do movimento social Acesso Popular; Sandra Elena Spósito - psicóloga, professora, coordenadora do CRP - Centro Regional de Psicologia de Bauru e coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do CRP de São Paulo.

Os convidados serão entrevistados pelos radialistas e jornalistas:
Cleide Portes (Rádio Unesp FM); Franco Jr ( Rádio FM 96) Alexandre
Pitoli (Rádio FM 94); Reginaldo Vianna (Rádio Véritas); Ricardo
Polettini (TV Universitária da Unesp); João Jabbour (Jornal da Cidade);
Gilmar Dias (Jornal Bom Dia).

O Colóquio “Quem tem medo dos Direitos Humanos” não poderá ser assistido ao vivo, porém o material – gravado em áudio e vídeo - do evento estará disponível a toda mídia de Bauru e região bem como na internet, no site: http//www.oedh.unesp.br. Para maiores informação e para acesso as gravações entrar em contato pelo e-mail: oedh@unesp.br ou pelo tel. (14) 9761 4100.

O colóquio é uma realização do Observatório de Educação em Direitos Humanos da Unesp, da Rádio Unesp FM e da TVU Unesp.

Universidade Estadual Paulista - UNESP/Bauru
Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação - FAAC
--
Associação Nacional de Direitos Humanos - Pesquisa e Pós-Graduação
Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, Travessa 4, Bloco 2,
Cidade Universitária São Paulo/SP
CEP: 05508-900
Tel.: (11) 3091-4980/3091-4951

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Encontro indígena da América do Sul


Indígenas da América do Sul estarão reunidos de 2 a 5 de fevereiro, no Paraná
A aldeia indígena Tekoha Añetete, localizada no município de Diamante D’Oeste, no Paraná, sediará de 2 a 5 de fevereiro, o Encontro dos Povos Guarani da América do Sul (Aty Guasu Ñande Reko Resakã Yvy Rupa), que está sendo realizado pelo Ministério da Cultura por meio da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural.

O objetivo da iniciativa, cuja programação foi elaborada pelos próprios indígenas, é apresentar a força das comunidades, difundir suas culturas tradicionais e contribuir para um visão mais ampla da temática indígena no Brasil e na América do Sul, além de fortalecer a identidade. Para o antropólogo Rubem Almeida, coordenador técnico do evento, será uma oportunidade importante para os guarani se relacionarem e discutirem questões básicas da etnia.

O primeiro dia do encontro será destinado à chegada e acomodação dos cerca de 800 índios guarani da Bolívia, Paraguai, Argentina e do Brasil - Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. Nos dias 3 e 4, haverá apenas a participação dos indígenas, que discutirão as propostas a serem apresentadas às autoridades. Já o encerramento contará com as presenças dos ministros da Cultura do Brasil e do Paraguai, Juca Ferreira e Tício Escobar, respectivamente.

A realização do Encontro dos Povos Guarani da América do Sul tem a parceria da Itaipu Binacional, da Fundação Nacional do Índio (Funai), da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), das Secretarias de Educação e de Cultura do Paraná, e das Prefeituras Municipais de Diamante D’Oeste e de Foz do Iguaçu. O Instituto Empreender é responsável pela produção executiva do evento, que tem o apoio do Mercosul Cultural.

A programação completa, notícias em tempo real e outras informações podem ser conferidas na página eletrônica blogs.cultura.gov.br/encontroguarani.

Registro Audiovisual - Duas equipes de filmagens formadas por indígenas do Brasil - Guarani-Mbya, do Rio Grande do Sul, e Kaiowá, do Mato Grosso do Sul - registrarão o evento. As imagens produzidas resultarão em dois documentários que serão disponibilizados no Blog do Encontro. A TV Cultura também produzirá um documentário sobre a iniciativa.

(Heli Espíndola, Comunicação SID/MinC)


Comunicação SID/MinC
Telefone: (61) 2024-2379
E-mail: identidadecultural@cultura.gov.br


Acesse: http://www.blogger.com/www.cultura.gov.br/sid
Nosso Blog:
blogs.cultura.gov.br/diversidade_cultural
Nosso Twitter:
twitter.com/diversidademinc
***
Nota: publicado no Overmundo