terça-feira, 20 de julho de 2010

"Do lado esquerdo do peito"

   
Imagem Google


Canção da América

(Composição: Fernando Brant e Milton Nascimento)

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir
Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
 E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração
Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

6 comentários:

Estagiária disse...

Não poderia ter escolhido texto melhor para esse dia, professora Graça.
Parabéns pelo blog. Está lindíssimo.

Da sua aluna

Maria Cicília

Márcia Sanchez Luz disse...

Grauninha, amiga querida

Espero que seu dia tenha sido lindo, como linda é sua alma.
Amigas para sempre, então!

Beijos em seu coração

Márcia

Sônia Brandão disse...

Você tem um cantinho permanente no meu coração.

Beijos.

Graça Graúna disse...

Estimada Cecilia: fico feliz com o seu comentario no meu blog. Paz e luz.

Graça Graúna disse...

Querida Sonia: Deus/Ñanderu, em seu infinito amor, meu deu de presente amigos que eu trago no peito: você e o Carlos são tudo de bom em minha vida. Grata pela presença. Paz e bem.

Graça Graúna disse...

Querida Marcia: você é um anjo muito bom. Contar com a sua amizade é um dos maiores presentes que eu recebo de Ñanderu. Amiga-irmã para sempre. Bjos.