domingo, 30 de agosto de 2009

Do paladar das palavras

O poeta Anibal na Academia de Letras do Amazonas


Hoje acordei com saudades
do paladar das palavras
que vem lá doAmazonas
no versos de um amigo
que lá no céu faz a festa
anjo bom Aníbal Beça


Graça Graúna, Nordeste do Brasil, 30.ago.2009

Nota: em 25 de agosto o dia deu em chuvoso. Saudades do poetamigo Beça

8 comentários:

"Olhos de Folha Minha" disse...

Isto Graça ...estamos aqui saudosos mas os anjos batem asas e abraçam nosso amigo , isso é o consolo de sabermos que há Céu...que fez versos encantados, de alegria e indignação por aqui.

Homem honesto, sempre com gentilezas.

bjus

Cintia Thomé

GRAÇA GRAÚNA disse...

Minha querida Cintia: nunca é demais repetir que eu eu sinto uma grande alegria com a sua presença constante em meu humilde Blog. Acho que o nosso Beça está olhando por nós. Bjos de luz, Grauninha

Helder Herik disse...

Graça, como você está?
Fazendo uma vizitinha aqui poetamiga.

abração.

GRAÇA GRAÚNA disse...

Meu querido Herik: ando bastante saiudosa do amigos que estão no céu e dos amigos da terra, da gora, das colinas. Bjos e grata pela visita.

Sônia Brandão disse...

Acho que estava faltando poesia no céu e Deus resolveu vir buscar mais um poeta.

Beijos e boa semana.

Priscila disse...

Poetas são imortais. E os demais seres humanos, quando expostos à poesia, são imortalizados.

GRAÇA GRAÚNA disse...

Priscila: grata pela doce presença. Que seja eterna a poesia.

GRAÇA GRAÚNA disse...

Sonia, poetamiga: que Ñanderu nos acolha. Grata por chegar em meu blog. Bjos, Grauninha