quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Legado

Imagem da Internet
a grande lua de fogo
revelou a sua face agréstia
e, devagarosamente,
foi indo, foi indo
gravitando
na incandescência.

Com a lua cheia
um véu de estrelas espantou a neblina.

Na agrestidade do ser
cavamos os sonhos
contra a desesperança
que circunda as nossas vidas

Graça Graúna, Nordeste do Brsil, 1º semestre de 2007.


Nota: há um ano ( em 2007) entrou a lua bem cheia pela janela da sala em que eu estava com os meus alunos. Um deles estava doente e naquela noite pituma (escura) a lua mostrou a sua face agreste para uma despedida. Nem chegou a outra lua e o perdemos. Propuz a meus alunos que fizessem um poema; eu também escrevi um, chama-se Legado; poema postado também em outras comuniddes literárias no espaço virtual.
No site Overmundo, este poema recebeu 200 votos.

6 comentários:

... disse...

Graúna, que belo poema!
Senti a lua de fogo agréstia como se no mesmo instante estivesse contemplando-a. Quanta beleza em suas palvras, quanta sensibilidade.
Esse poema é a cara de Garanhuns. É a cara de nós, os sonhadores... os lutadores.
Em nossa agrestidade, na cidade das flores, agreste de Pernambuco, Nordeste do Brasil, UM LUAR - em lindos versos graúnos:
"Na agrestidade do ser
cavamos os sonhos
contra a desesperança
que circunda as nossas vidas"

Beijo, Graúna.
Karina.

... disse...

Graúna, que belo poema!
Senti a lua de fogo agréstia como se no mesmo instante estivesse contemplando-a. Quanta beleza em suas palvras, quanta sensibilidade.
Esse poema é a cara de Garanhuns. É a cara de nós, os sonhadores... os lutadores.
Em nossa agrestidade, na cidade das flores, agreste de Pernambuco, Nordeste do Brasil, UM LUAR - em lindos versos graúnos:
"Na agrestidade do ser
cavamos os sonhos
contra a desesperança
que circunda as nossas vidas"

Beijo, Graúna.

Karina

... disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Priscila Lopes disse...

Poxa, tem muita coisa boa por aqui, muita coisa boa!

Apareça no Cinco Espinhos e conheça também nossa proposta.

Abraços, e parabéns pelo trabalho.

Nunca é tarde para ser feliz! disse...

Lindo poema!!! A Lua cheia também é linda como seu poema!!! Parabéns!!! Bjs

Magis Cronos disse...

Vim ver as novidades e vi o de sempre: a lua e o cenário do agreste, junto à vida q se vai. É muito bom existir! Obrigada por me lembrar. Magdalena