sábado, 12 de abril de 2008

O ser e a poesia

Quixotesca:
o ser da poesia
sobrevivente da luta
contra os moinhos.

2 comentários:

Jefhcardoso disse...

Olá Graça!
Estou caminhando há algum tempo pelo seu blog e vim parar aqui em 2008!
É uma pena que o tempo não tenha uma ferramenta para retrocedermos! (sorrio)
Abraço.

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
Gostaria de lhe convidar para que comentasse a minha crônica “Dois copos com águas”. Ok?
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Graça Graúna disse...

Meu querido Jeth, grata pela chegança ao meu humilde blog. Fico feliz com a sua presença e assim que eu arrecadar um tempinho deixarei uns recados no seu habitat virtual...risos....No momento estou em Lorena/SP. Sai do Nordeste há um mês, pra passar um ano em São Paulo, onde estou fazendo meu pos-doutorado. Grande abraços. Graça Graúna