terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Retratos


O seguinte poema (Retratos) foi publicado na Antologia Retratos (Recife, Edições Bagaço, 2004), organizada pela escritora Elizabeth Siqueira; com ilustrações de Pedro Frederico. Escrevi este poema há muito tempo e sempre o divulgo, quando chega o mês de março; um tempo, como dizem - dedicado à mulher.


Saúdo as minhas irmãs
de suor papel e tinta

fiandeiras
guardiãs
ao tecer o embalo
da rede rubra ou lilás
no mar da palavra
escrita voraz.

Saúdo as minhas irmãs
de suor papel e tinta
fiandeiras
tecelãs
retratos do que sonhamos
retratos do de que plantamos
no tempo em que a nossa voz era só
silêncio

2 comentários:

J. ROBERTO BALESTRA disse...

Graça, a conheci do blog da Sylvana. E vim. Realmente, o poema é lindo mesmo. Nem todos sabem fazer um bom Retrato; fotos temos por aí, vazando... Gostei do seu blog. Tornarei... bjs.

Madalena Barranco disse...

Querida Graça, "fiandeiras de palavras" deixam a dona Poesia feliz e valorizam a sensibilidade artística! Voltei para ler mais um pouquinho e agradecer sua mensagem e o link. Aproveitei para colocar seu link também!! Beijos.